Home / Curiosidades / Vaca Holandesa: Curiosidades E Imagens

Vaca Holandesa: Curiosidades E Imagens

Todos nós conhecemos a vaca, ou o boi, mesmo que apenas de vista, ou por meio de fotos, mas o que certamente poucos conhecem é que existe uma variedade considerável de raças de cabeça de gado, dentre eles o europeu, o zebuíno e também o holandês.

Hoje especificamente falaremos do gado holandês e algumas curiosidades sobre esse animal.

Holstein-Frísia

Esse é o nome pelo qual o gado holandês também é conhecido. Curiosamente o nome diz respeito aos locais onde foram inicialmente vistos. A Holstein-Frísia ou somente Holstein é como o gado nativamente europeu é conhecido. O primeiro aparecimento deste animal teria ocorrido a cerca de dois mil anos na Frísia. A Frísia é uma pequena província holandesa localizada no norte dos chamados Países Baixos. Também foram inicialmente vistos exemplares deste animal na Alemanha (Holstein), por isso o nome Holstein-Frísia, fazendo forte referência aos locais de seu surgimento. Essa talvez seja a primeira curiosidade sobre este animal, a história do nome pelo qual é conhecido além de “gado holandês”.

Até os dias de hoje a vaca holandesa é produzida no norte dos Países Baixos e concomitantemente da Alemanha e da Dinamarca. Mas a sua presença já é possível ser vista em todo o mundo e a sua demanda é cada vez maior e nós falaremos porque isso tem acontecido e cada vez mais produtores e criadores de gado tem se interessado por este animal.

A vaca holandesa é caracteristicamente de cor preta e branca, inteiramente branca com manchas em um tom mais escuro. Além de sua característica pelagem essa raça de bovino é conhecida por ter uma pelagem macia composta exclusivamente por pelos curtos.

A vaca holandesa apesar de se diferenciar por sua raça possui o mesmo nome científico, é a chamada bos taurus e é um animal consideravelmente de pequeno porte. Enquanto algumas outras raças de gado podem chegar a atingir até oitocentos, oitocentos e cinquenta quilos, a vaca holandesa chega a ter por volta de apenas seiscentos quilos.

Os Usos Da Vaca Holandesa

Produção de Leite da Vaca Holandesa
Produção de Leite da Vaca Holandesa

Inicialmente a vaca holandesa possuía duas destinações ou uso, mas a sua produção massiva ganhou força apenas quando esse animal passou a ser utilizado na indústria de vacas leiteiras no século XIX na América do Norte. Atualmente esse animal é produzido basicamente para a destinação ao mercado de vacas leiteiras.

As vacas holandesas tem sido buscadas por criadores que desejam aumentar significativamente a sua produção diária de leite, mas há uma falsa crença de que o leite produzido por essa raça apresenta naturalmente uma menor quantidade de gordura e de proteína. Para se ter uma ideia, comparada a outros animais com as Jersey e as Pardo-Suiço o seu leite apresenta o maior teor de gorduras e concomitantemente de proteínas.

O tamanho da vaca holandesa, como dissemos não é dos maiores, ao menos a fêmea dessa raça, que apresenta um porte mediano, contudo há vacas da raça holandesa de grande porte e nesse sentido é preciso destacar que a maior vaca não produz mais leite pelo contrário, o consumo de alimentos se torna maior e a produção de leite segue os mesmos parâmetros, ou seja, a sua conversão é baixa e inviabiliza a sua criação.

Outra desvantagem quanto a escolha de animais de grande porte da raça holandesa diz respeito ao tempo estimado de vida. Uma vaca holandesa de grande porte apresenta um tempo de vida substancialmente menor, cerca de 15% menos que vacas de tamanho médio ou pequeno.

Vale destacar aqui que quando falamos que a vaca holandesa apresenta porte pequeno, estamos de fato falando da vaca holandesa, isso porque o boi dessa raça apresenta porte excepcionalmente grande, podendo atingir até mil quilos.

Por Que Escolher A Vaca Holandesa?

Como dissemos no início desse texto, a vaca holandesa tem sido cada vez mais procurada por criadores de vacas leiteiras e isso acontece porque essa raça de animal é conhecida como a maior produtora de leite. São incríveis cinquenta litros de leite diariamente, divido em três ou quatro ordenhas. A média de uma vaca leiteira comum costuma ser de apenas vinte litros diariamente. Isso deixa a vaca holandesa isoladamente no posto de uma exímia produtora de leite.

Tirando Leite da Vaca Holandesa
Tirando Leite da Vaca Holandesa

O Que Você Precisa Saber Antes De Escolher?

Aqui passamos muitas características dessa raça, contudo para que você decida se é a melhor opção de gado para você é preciso considerar alguns pontos. A vaca holandesa é uma das que mais apresentam taxas de distocia e natimortos. A distocia consiste na dificuldade da vaca no trabalho de parto e o natimortos consiste nos bezerros que nascem mortos. Há estudos de aperfeiçoamento da raça que tentam limitar o percentual tanto de distocia quanto de natimortos há até 4%, o que deixaria ainda mais atrativa essa raça de bovino.

Outra informação importante que o criador precisa saber é quanto ao período da vaca no rebanho. Quanto maior for o tempo da vaca no rebanho mais tarde há o retorno financeiro para o criador. E de fato é preciso destacar que a vaca holandesa apresenta um tempo significativo no rebanho, desde o seu nascimento ao primeiro parto há um tempo considerável que não gera receita alguma para o criador. Para se ter uma ideia desse tempo, algumas vacas chegam a três lactações em sua vida e levando em consideração o tempo gasto e o tempo passado como novilha, é possível concluir que as vacas passam praticamente metade da vida como novilhas.

É preciso considerar também a questão dos efeitos térmicos sob a produção de leite de vacas europeias. Muitos criadores que investem em vacas europeias podem acabar sofrendo com a baixa produção de leite em épocas muito quentes. Embora as vacas tenham a chamada termoneutralidade em até vinte graus, é preciso destacar que as vacas de raças como a Pardo-Suiço e também a muito conhecida raça Jersey apresentam uma maior resistência as altas temperaturas. Isso significa que essas duas raças apresentam abalo menor em sua produção de leite quando em épocas quentes.

Apesar de todos os possíveis contras a vaca holandesa pode ser uma opção para você quando pensamos na produção de leite, que como podemos analisar é elevadíssima. O custo de uma vaca holandesa fica em torno de dois mil e quinhentos a três mil reais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *